Resenha: "Broken"

Título: Broken
Autora: Liz Spencer
Páginas: 714
Série: Quebrando Regras
Skoob

Sinopse: Uma coisa é certa sobre mim: eu estou longe de ser bom.
Não se iluda com o meu olhar, tampouco com as minhas palavras. Eu posso ser bem convincente quando quero. Eu não estou aqui para ser o cara dos seus sonhos, muito menos o seu príncipe encantado. Minha sina é derramar sangue. Não tenho orgulho; não tive escolha; não sou herói, mas não me considero vilão.
Se eu sei amar? Já amei uma vez. Uma única e derradeira vez. Ela me foi tirada da forma mais cruel possível, o que não só alimentou o ódio que eu já sentia, como me fez nutrir um intenso desejo de vingança. Eu só não sabia ao certo como executar isso, até descobrir a existência dela.
Não citaremos nomes, mas digamos que ela era tudo aquilo que faltava em mim. Ela era luz enquanto eu era o breu, ela simbolizava vida, eu alimentava a morte. Boa, pura e inocente. De fato, uma presa fácil, e eu me aproveitei disso da forma mais atroz possível para pôr em prática o meu plano de vingança. Se eu sinto culpa? A culpa foi-se junto com a minha capacidade de amar. 
Quem é ela? Eu gosto de compará-la a um anjo. 
E quem sou eu? Bem, meu caro... eu sou o pior e o mais sujo dos demônios.

Por Beatriz Guimarães

"O amor te destrói e te venda, mas,  para você que nunca se apaixonou e se felicita por estar livre deste sentimento corrosivo, eu tenho uma notícia não tão boa assim, meu amigo: ele é inevitável."

Derek perdeu a mulher que amava e foi dado como morto por Marcel, um homem poderoso no mundo do crime. Depois de quatro anos, com a vingança toda planejada, Derek resolve colocá-la em prática, resolve sequestrar Faith, irmã de Marcel.

"Eu sabia que não havia sido um cara bom e não me orgulhava, muito menos escondia isso. Meus defeitos? eram muitos. Meus pecados, imperdoáveis. Mas eu não tinha medo de morrer."

Faith sempre teve uma vida boa, mas nunca se sentiu confortável com isso, ou conseguiu ter uma aproximação com seu irmão, por isso resolveu sair de casa e começar a correr atrás daquilo que quer. Um dia ela encontra um rapaz muito simpático no mercado, os dois acabam saindo de lá para uma conversa, e Faith fica encantada por ele. Faith só não esperava ser sequestrada por ele e no meio disso tudo, viver uma grande aventura.

"Eu cresci como uma garota boa. Cresci como uma garota que aceitava todas as ordens e obrigações que me eram impostas de bico calado, pois aquilo era o esperado de mim. Era o que eu precisava para ser aprovada pelo meu pai, pela sociedade e por Marcel. Mesmo que dentro de mim algo sempre se rebelasse contra a ideia."

Comecei a ler o livro sem expectativas nenhuma, descobri que essa é a melhor forma de ler um livro, fui mais pela capa, a sinopse também não diz nada muito relevante da história. Logo de início eu me vi completamente apaixonada por esse livro.

"Broken" começa de uma forma bem tensa, perseguição, traição, morte, sequestro, não tem como deixar de ler, mas depois de uma determinada parte o livro começa a ficar mais leve, isso de forma alguma deixa o livro chato ou arrastado, muito pelo contrario, a autora consegue manter o ritmo a todo o momento, esse foi um dos motivos para eu me apaixonar por essa história.

"Eu já havia visto Derek bravo, Derek sarcástico e até mesmo o Derek preocupado. Mas jamais visto aquilo antes. E de uma forma ou de outra aquilo me assustou como o inferno. Era como se ele quisesse que eu o lesse apenas com um olhar."

Outro motivo foi os personagens, Derek e Faith é o tipo de casal que você torce o tempo inteiro, e não, não é síndrome de Estocolmo, muita coisa acontece logo no início do livro que faz os dois virarem um casal. A personalidade desses dois também é uma coisa maravilhosa, principalmente da Faith, o crescimento dela durante o livro é incrível, é muito bom você perceber que a Faith do início não é a mesma do final, eu adoro isso, e o Derek é o Derek, quando ele mostra em atitudes quem ele realmente é você se apaixona.

"Que Deus me ajudasse, mas Faith era, provavelmente, o erro mais certo que eu já cometido em todo a minha vida."

A história do livro, no meu caso, não foi nada surpreendente, eu já tinha previsto a maior parte do que ia acontecer durante o livro, mas a forma que a autora narrou tudo, e foi levando na história é que me pegou de surpresa, e me fez amar o livro, virou um dos preferidos do ano sem dúvida, romance e ação na medida certa.

Nunca tinha lido nada da autora, e agora depois dessa experiência, eu quero mais. A autora comenta que o segundo não vai ter nenhuma ligação com esse, o que resta é esperar essa continuação que eu já estou louca para ler.

"Faith Bloom foi a minha destruição e reconstrução, tudo de uma só vez. Eu encontrei a minha passagem para o inferno e para o paraíso em uma única pessoa."


Onde Comprar
E-book: Amazon

Tag: Taylor Swift


Adoro fazer essas tag, e como faz um tempo que eu não faço nenhuma resolvi trazer essa que consiste em escolher os livro de acordo com as músicas da Taylor Swift. Me diverti muito fazendo.

1. We Are Never Ever Getting Back Together – escolha um livro ou série que você estava amando, mas que depois você decidiu que queria “terminar” com ela.

Os Imortais - Alyson Noël
Eu amei o primeiro, o segundo caiu um pouco, o terceiro terminei na luta, e então resolvi que não iria mais tentar, mas eu ainda tenho curiosidade para saber como tudo termina.



2. Red – escolha um livro com a capa vermelha.

A Noite Mais Sombria - Gena Showalter
Último livro com a capa vermelha que eu li, e eu amei finalmente conhecer os Senhores do Submundo.



3. The Best Day – escolha um livro que faça você se sentir nostálgica (o). 

A Mediadora - Meg Cabot
Foi por causa desse livro que eu comecei a minha vida literária, impossível não me sentir nostálgica com ele.



4. Love Story – escolha um livro com uma história de amor proibida.

Proibido - Tabitha Suzuma
O próprio título já diz tudo, e pra quem não conhece a história, é sobre um romance de dois irmãos.



5. I Knew You Were Trouble – escolha um livro com um personagem mau, mas que apesar disso, você não conseguiu resistir e se apaixonou.

Ladrões de Sonhos (Homem Cinzento) - Maggie Stiefvater 
Não consegui lembrar de nenhum e resolvi colocar o Homem Cinzento, ele é meio que um anti herói na história.



6. Innocent (written b/c of Kanye West!) – escolha um livro que alguém estragou o final para você (spoiler!).

Um Amor Para Recordar - Nicholas Sparks
 Minha melhor amiga que fez esse desfavor, até hoje eu não me recuperei.



7. Everything Has Changed – escolha um livro em que o personagem se desenvolve bastante.

A Noiva Devota - Mari Scotti
Escolhi a Rosalina, é incrível comparar ela no início e no final do livro, ela evolui completamente



8. You Belong With Me – um livro que você está ansiosa (o) para que seja lançado e que você possa ler. 

Quando a Noite Cai - Carina Rissi
Sou apaixonada por tudo que a Carina escreve, e com toda certeza esse não vai ser diferente.




9. Forever and Always – escolha o seu casal literário favorito.

O Beijo das Sombras - Richelle Mead
Rose e Dimitri amor eterno por esse casal, mais nada a declarar.



10. Come Back, Be Here – escolha um livro que você não gosta de emprestar por medo de nunca mais voltar.

A Viajante do Tempo - Diana Gabaldon
A minha edição é a da Rocco, e por isso não consigo deixar ele em outras mãos, é praticamente uma relíquia.



11. Teardrops On My Guitar – escolha um livro que te fez chorar muito.

Senhorita Aurora - Babi A. Sette
Esse foi o último livro que me fez chorar horrores, desidratei lendo o livro, mas ele é muito bom apesar disso, estou louca para ser lançado físico.



Resenha: "Corte de Espinhos e Rosas"

Título: Corte de Espinhos e Rosas
Autora: Sarah J. Maas
Páginas: 434
Editora: Galera Record
Série: Corte de Espinhos de Rosas
Skoob

Sinopse: Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. 
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... Ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

Por Beatriz Guimarães

Feyre é responsável por toda a sua família, depois de perder a mãe e toda as riquezas, ela tomou as responsabilidade para si, apesar de ser a filha mais nova. Feyre caça e coloca comida na mesa para todos, e as vezes tenta arranjar tempo e dinheiro para continuar com suas pinturas.

“Agradeça por seu coração humano, Feyre. Tenha piedade daqueles que não sentem nada.”

Um dia, durante sua caçada, Feyre consegue matar um animal que não deveria, e por causa disso ela é sentenciada a viver no mundo das fadas, com Tamlim, senhor da Corte Feérica da Primavera. Nesse lugar todos usam uma espécie de mascara por causa de uma maldição, mas isso é só um dos mistérios que rondam esse mundo.


Quando eu comprei esse livro, a maioria dos comentários eram positivos, em relação a história, mas eu resolvi esperar um pouco a animação abaixar para começar ele, e só peguei ele esse ano. 

"Melhor morrer com a cabeça erguida a morrer como um verme, encolhida e covarde."

Já vou começar a falar que demorei muito para ter um bom ritmo de leitura com ele, eu pegava, lia um, dois capítulos e depois largava o tempo inteiro, e isso foi me desanimando, a leitura não evoluía, eu queria encontrar o que tanto as pessoas viam de maravilhoso no livro, e da metade para o final eu finalmente encontrei.

“Somos poderosos demais, entediados demais com a mortalidade para sermos reprimidos por qualquer coisa.”

Depois que a história tomou um ritmo mais acelerado, com mais coisas acontecendo, eu me animei muito mais, as aventuras da personagem começa a ficar mais animadas, e os mistérios começam a ser revelados, assim a história se mostrou muito mais do que eu esperava, e eu posso dizer que não me decepcionei apesar de tudo.

Feyre é uma personagem guerreira, isso logo se mostra no inicio do livro, depois acaba não aparecendo muito, mas no final essa personalidade volta e cresce muito mais. Tamlim é cheio de segredos em relação ao passado, e só quando essas camadas começam a cair é que começamos a conhece um pouco melhor ele, Lucien também é um personagem super interessante, que vai crescendo na história.

"Não se sinta mal nem por um segundo por fazer o que a faz feliz."

Tem um personagem, que não vou comentar o nome, que acrescenta muito na história, e como eu já sabia que a importância dele cresce muito mais no segundo livro, não me importei muito por ele não aparecer tanto nesse primeiro, mas agora eu estou ansiosa para saber como as coisas vão se desenrolar.

O mundo criado pela Sarah é maravilhoso, é muito bem estruturado, como tudo funcional ali dentro, com o livro desse tamanho ela conseguiu nos mostrar muita coisa que tem nele, e ainda podemos esperar muito mais, que esse primeiro foi só a pontinha do iceberg, muito mais coisas podem ser exploradas.

Apesar das dificuldades para consegui terminar eu gostei do livro, a autora no finalzinho conseguiu desenrolar muitas coisas, e tornar a história mais agradável, fez um ótimo gancho para o segundo que promete ser muito melhor que o primeiro, assim eu espero, porque ele já está aqui em casa me esperando.

"Amo você... Com espinhos e tudo."

Onde Comprar
Físico: Amazon / Saraiva / Travessa / Fnac
E-book: Amazon / Saraiva

Resenha: "Ônix"

Título: Ônix
Autora: Jennifer L. Armentrout
Páginas: 416
Editora: Valentina
Série: Lux
Skoob

Sinopse: Estar conectada a ele é uma droga!
Graças ao seu abracadabra alienígena, Daemon está determinado a provar que o que sente por mim é mais do que um efeito colateral da nossa bizarra conexão. Em vista disso, fui obrigada a dar um “chega pra lá” nele, ainda que ultimamente nossa relação esteja... esquentando.
Algo pior do que os Arum ronda a cidade.
O Departamento de Defesa está aqui. Se eles descobrirem o que o Daemon pode fazer e que nós estamos conectados, vou me ferrar. Ele também. Além disso, tem um garoto novo na escola que, tal como a gente, guarda um segredo. Ele sabe o que aconteceu comigo e pode ajudar, mas, para fazer isso, preciso mentir para o Daemon e ficar longe dele. Como se isso fosse possível!
Até que, de repente, tudo muda.
Vi alguém que não deveria estar vivo. E tenho que contar ao Daemon, mesmo sabendo que ele não vai parar de investigar até descobrir toda a verdade.
Ninguém é o que parece ser. E nem todo mundo irá sobreviver às mentiras.

Por Beatriz Guimarães

Segundo livro da série Lux. Depois de todos os acontecimentos de "Obsidiana", Katy de Daemon estão conectados de alguma forma, isso torna as coisas entre eles mais estranhas do que antes. Daemon tenta se aproximar de Kate de uma forma diferente, mais ela acha que toda essa aproximação é resultado dessa conexão, por mais que ele negue.

"- Posso te perguntar uma coisa?
- Depende - respondeu ele tranquilamente.
- Você... sente alguma coisa quando está perto de mim?
- Além do que senti hoje de manhã ao ver como você estava deliciosa nesse jeans?
- Daemon. - Suspirei, tentando ignorar a garotinha interior que começou a gritar. ELE REPAROU EM MIM! - Estou falando sério."

Com a chegada de um novo aluno na escola, e o interesse dele por Kate, ela tenta viver a vida de uma adolescente normal, mas, como sempre, coisas estranhas acontecem, segredos revelados, coisas sendo descobertas, e aparições de pessoas que não deveriam está ali.


Eu comecei a ler "Onix" muito animada, com muitas expectativas depois do que eu achei do primeiro, mas o inicio desse segundo me decepcionou um pouco. Não acontece de interessante ou relevante até a metade do livro, e até eu conseguir chegar a metade do livro foi complicado.

"- Você parece um cachorro no cio.
- Se você me fizer um carinho...
- Não ouse terminar essa frase - rebati, lutando para não rir. Isso apenas o encorajaria, e ele não precisava de mais um motivo para ser um terror. - E pode parar com a cara de inocente. Conheço muito bem..."

Quando, finalmente, eu cheguei a alguma parte que me animasse para ler, ai sim eu consegui ter um ritmo de leitura boa, e comecei a me interessar pela história. Vamos descobrindo alguns segredos que interessam e muito a Daemon e seus amigos, em relação ao passado, que podem afetar a vida deles.

Kate no livro está muito receosa de deixar Daemon se aproximar, por causa de tudo o que ele fez ela passar antes, e isso acaba se tornando um jogo de gato e rato durante muito tempo no livro, ainda bem que tudo foi resolvido. Por causa das coisas que vão sendo reveladas Kate se interessa em ajudar desvendar tudo, por mais que Daemon não permita, ela não desiste e vai atrás isso fez ela subir um pouco no meu conceito.

"- Você tem ideia do que faz comigo? - perguntou, a voz ainda rouca.
- Não estou fazendo nada."

Daemon também mudou um pouco, claro que ele ainda é o Daemon com as suas piadas e tiradas, mas agora com um pouco mais de maturidade, espero que isso se torne uma crescendo nos futuros livros. Também é fofo ele tentando reconquistar a Kate, sabendo de toda a cagada que ele fez antes.

O final do segundo monta uma ótima história que pode se desenrolar muito bem no terceiro, aqui nós ficamos apenas no suspense em relação a várias coisas, algumas são mostradas para ter aquele cliffhanger e irmos correndo para o terceiro.

"Poucos meses atrás, ele era totalmente contra minha simples amizade com sua irmã, e agora queria ficar comigo, mesmo que isso significasse desafiar os desejos da sua raça? Ele só podia estar viciado em alguma droga pesada."

O livro não foi o que eu esperava em alguns pontos, mas em outros ele me animou, em um total ele foi bom. Espero muito que esse terceiro não enrole tanto e consiga se desenvolver melhor, afinal muitas coisas ainda tem que ser esclarecidas.

Onde Comprar
Físico: Amazon / Saraiva / Cultura / Travessa / Fnac / Submarino
E-book: Amazon / Saraiva / Cultura 


Resenha: "Laços"

Título: Laços
Autora: Bianca Sousa
Páginas: 202
Skoob

Sinopse: Apesar da aparência frágil, Lívia é uma vampira perigosa.
Aprisionada em uma torre por uma bruxa cheia de segredos e um passado obscuro, Lívia e ela estão mais entrelaçadas do que gostariam.
Contudo, a chegada de um misterioso caçador ao reino de Corvina pode pôr tudo a perder e trazer à tona medos e desejos há muito esquecidos.
"Não existem leis, somente 3 regras: Nunca brinque com a vida, a morte e o destino. Principalmente se eles estiverem de mãos dadas com o amor."

Por Beatriz Guimarães

"Ela era como Perséfone no submundo; mesmo envolta em trevas havia algo de lindo e triste nela. A canção que entoava era um pedido de socorro."

Lívia não sabe nada sobre o seu passado, presa em uma torre durante toda a sua vida por uma bruxa, não conhece nada sobre o mundo de fora, ela sabe que se alimenta de sangue e para conseguir sobreviver atrai suas vítimas com seu canto. Um dia seus olhos cruzam com de um caçador, e as coisas começam a mudar depois desse momento.

O primeiro livro que eu li da autora, era todo doce e sensível, com uma história romântica fofa, esse aqui vai por um caminho totalmente diferente. Contando com alguns elementos da história da Rapunzel, misturados com toques de fantasia, magia junto com vampiros, temos o livro "Laços".

"Foi quando Lívia entendeu que o calor que aquela luz forte emitia era bonita, mas maldita. Queimava tão profundamente sua carne que, se tivesse alma, estaria chamuscada. Foi tórrido, sujo e cruel. Exatamente como era o mundo lá fora. Não era belo. Apenas aparentava ser. Exatamente como ela. Não era boa, nem humana. Apenas fingia ser."


O livro conta com três personagens principais, Lívia, a vampira, Brianna, a bruxa e Gabriel, o caçador. No decorrer da história as histórias desse três vão se entrelaçando, todos os pontos são ligados, como cada um tem alguma relevância na vida do outro, achei uma ótima sacada da autora, eu não estava esperando nada disso. E as personalidades são muito bem escritas, você consegue entender o motivo que levou cada um a fazer o que fez.

"Mordeu o lábio para conter a angústia repentina. Não era justo. Por que os seres humanos serem mais puros do que ela, que matava apenas por sobrevivência."

Confesso que fui pega totalmente de surpresa por esse livro, é uma ótima releitura, diferente de muitas que eu já li, terminei em um dia sem interrupção. O livro me mostrou que a autora consegue muito bem troca de gêneros sem problemas, de um livro romântico mais fofo para outro totalmente dark, e fazer um final tenso o suficiente para me fazer tranca o porta do quarto só para ter certeza de que ninguém ia me interromper. Parabéns para a Bianca.

"Por mais que fosse pago para fazer o que a maioria não tinha coragem, por mais que fizesse coisas que sabia que precisavam ser feitas, ele acabava se sujando também. Será que por matar tantos monstros - humanos ou não -, não acabara ele se tornando um?"

Mais um livro da Bianca que eu gostei, tanto da história, os personagens, o desfecho, tudo se completa aqui. Entre "O Canto do Cisne" e "Laços", eu prefiro "Laços", apesar de ser um livro pequeno ele é bem fechado, não senti falta de nada. Estou ansiosa para ler "Eterna", que é outro livro da autora, espero gosta dele também.


Onde Comprar
Físico: Amazon
E-book: Amazon

Resenha: O Canto do Cisne


Filme: "Quanto Mais Quente Melhor"


Ficha Técnica
Título: Quanto Mais Quente Melhor / Some Like It Hot
Diretor: Billy Wilder
Elenco: Marilyn Monroe, Tony Curtis, Jack Lemmon
Roteiro: Robert Thoeren, Michael Logan
Duração: 120 min
Ano: 1959
Sinopse: Chicago, 1929. Joe (Tony Curtis) e Jerry (Jack Lemmon) são músicos desempregados, que estão desesperados por trabalho. Eles acidentalmente testemunham o Massacre do Dia de São Valentim, assistindo o criminoso Spats Colombo (George Raft) e seu cúmplice aniquilarem Toothpick Charlie (George E. Stone) e sua gangue. Forçados a apressadamente deixarem a cidade, Joe e Jerry pegam o primeiro trabalho que podem arrumar: tocar na banda de garotas da Sweet Sue (Joan Shawlee) e suas Sincopadoras. Em trajes femininos, os dois se juntam ao resto da banda em um trem que vai para Miami, Flórida. Diante desta situação, Joe adota o nome de Josephine e Jerry torna-se Daphne. De repente eles vêem Sugar Kane (Marilyn Monroe), a vocalista da banda de Sweet Sue. Jerry se apaixona na hora, mas Joe o lembra que ele não pode se fazer notar. Porém, após chegarem a Miami, um milionário (Joe E. Brown) se apaixona por Daphne e Joe resolve se fazer passar por um milionário para tentar conquistar Sugar, tudo isto em meio à uma reunião dos Amigos da Ópera Italiana, uma convenção de criminosos que traz à cidade Spats Colombo e sua gangue.



Dois músicos e amigos, Joe (Tony Curtis) e Jerry (Jack Lemmon), se envolvem em um grande problema depois de presenciar um assassinato, cometido por uma gangue. Sem dinheiro e sem trabalho eles resolvem se transformar em mulheres para conseguir entrar em uma banda de meninas como Josephine e Daphne.

Na banda eles conhecem Sugar Kane Kowalczyk (Marilyn Monroe), linda e encantadora, os dois se veem fascinados por ela, Jerry entende que não é a melhor ideia tentar se envolver com Sugar, mas Joe acaba se apaixonando e arranja ideias mirabolantes para tentar ter Sugar. Mas as coisas começam a se complicar quando a gangue de assassinos se hospeda no mesmo hotel da banda.

Minha meta esse ano é assistir os clássico que estão na minha lista faz tempo, "Quanto Mais Quente Melhor" era um desse. Filme do famoso diretor Billy Wilder, com a atriz Marilyn Monroe, e conhecido como a Melhor Comédia de Todos os Tempos era impossível não assistir com expectativas, e elas foram atendidas da melhor maneira.

Quando comecei a assistir eu não achei que fosse rir tanto, esse título de Melhor Comédia de Todos os Tempos é super merecido, e é muito interessante observar quantos filmes devem ter se inspirado nessa história para fazer outros filmes de comédia. A interação do Joe e Jerry (ou Josephine e Daphne) é muito divertida, cada um com sua personalidade, e com atuações maravilhosas dos dois atores, altas gargalhadas durante a noite, e por causa deles minha lista com filmes aumentou um pouco.

Também temos a Sugar, primeiro filme que eu assisto da Marilyn, e um dos motivos da minha expectativa, e bom, eu não achei ela só mais um rostinho bonito no filme, linda sim, mas talentosa também, não perde em nada para os dois caras, fofa o tempo inteiro no filme faz você se apaixonar por ela logo de cara.

Billy Wilder só merece palmas, que filme, que roteiro, que tudo, me sinto até  mal por ter demorado tanto para assistir algum filme dele, "Crepúsculo dos Deuses" me aguarde.

Filme maravilhoso, junte a família inteira e assista, e uma delícia de comédia para todos, se você tem algum preconceito com filme preto e branco, por favor não tenha, eles muitas vezes são até superiores aos coloridos.





Primeiras Impressões: "Lacrymosa"

Capa não oficial

Título: Lacrymosa
Autora: Juliana Daglio

Sinopse: O nome dela não é Valery Green. Também não nasceu no Kansas, e sua família toda não morreu num acidente de carro onde ela foi a única sobrevivente. Nascida num mundo de trevas e segredos apocalípticos, a garota feita de mentiras luta dia após dia para ter uma vida longe de sua verdadeira identidade e de seu dom misterioso, o qual ela julga como uma maldição.  
  Por cinco anos, ela conseguiu. Escondida na pacata Darkville, tornou-se uma respeitada Detetive, conhecida por sua frieza e eficácia no trabalho. Seu companheiro Axel parece ter orgulho de trabalharem juntos, até ficar frente a frente ao que encontraram na busca daquela noite - um demônio dentro de uma garotinha.  
  Para ajudar a pequena Anastacia, Valery terá que colocar em risco o trabalho na polícia e seu relacionamento com Axel, recorrendo à ajuda do Padre Henry Chastain, um velho conhecido. Desenterrando um passado cheio de exorcismos, perseguições e batalhas contra demônios, esse reencontro não promete ser feito de abraços e boas-vindas. Chas, como ela o chama,  é conhecido como o maior Exorcista vivo - a Espada de Sal do Vaticano, e é sua única esperança de lutar contra o novo inimigo, mas também representa o ponto fraco de si mesma e o acesso a um passado doloroso que pode despertar seus próprios demônios interiores. 

Por Beatriz Guimarães

"Irônico. Quanto mais perto da luz você fica, mais próximo está a marca da Besta. Quanto mais lhe é dado, mais lhe será requerido."

Alguma coisa aconteceu no passado de Valery que fez ela abandonar tudo e criar uma nova vida. Anos depois, já trabalhando como Detetive, quando vai investigar uma ocorrência, ela se depara com um caso que vai além das suas forças, que para muitas não existe uma explicação certa, mas ela sabe muito bem do que se trata, e para ajuda-la ela acaba chamando alguém do seu passado para ajuda-la.

"Amar demais é experimentar dor em seu estado bruto, tornar-se vulnerável a altas doses dela. E ela amava aqueles que abandonava, sentindo a brutalidade da dor que quase lhe rasgava o peito."


Todos os livro que eu já li Juliana até agora eu amei, e esse parece que não vai ser diferente. Apesar de ter lido apenas algumas páginas já deu para sentir o clima do livro (e até um medinho), conhecer um pouco dos personagens e algumas de suas características e simpatizar com eles.

Esse é um gênero que eu não li muitos livro, por não saber por onde começar (se alguém quiser me indicar algum, estou aceitando),e só essas poucas páginas de Lacymosa eu fiquei bem interessada para saber como tudo se desenrola, e também fiquei curiosa para saber se eu vou sentir medo no decorrer da história. Confesso que li essa degustação de luz acessa, algumas partes deu um arrepio.

"A visão do mal nos muda de uma maneira que mais nada pode nos mudar, mesmo quando fingimos que não estamos vendo."

O pouco que eu consegui tirar é que a história tem muito potencial para crescer, com os muitos mistérios que rondam esses poucos capítulos. A personagem Valery é cercada de mistérios, não sabemos exatamente o que aconteceu com ela, ou o que ela é, um padre que também é bastante misterioso, ele é a pessoa que ajuda a Valery, e tem também o Axel, parceiro da Valery, só como essas poucas páginas eu já gostei dele, já quero mais.

O que eu posso dizer é que eu quero ler essa história completa, é impossível não se interessar pelo menos um pouco, até eu que não uma expert nesse gênero já estou indicando. Não sei quando esse livro pretende ser lançado, mas eu já quero ele na minha estante.

"As pessoas pecam e precisam de alguém para responsabilizar e continuar a pecar licenciados pela beleza da negação.
Mas na verdade, o demônio não se importa com a música que você ouve, a roupa que você veste ou com o sexo que você escolheu fazer. Ele não cheira as drogas por você, não macula seu corpo com mutilações físicas e psicológicas para castigá-lo. O demônio senta e observa o que pode reaproveitar em você e nas coisas que faz consigo mesmo."

P.s: Apesar da capa não ser oficial eu achei ela maravilhosa.

Resenha: "O Misterioso Conde de Rothesay"

Título: O Misterioso Conde de Rothesay
Autora: Roxane Norris
Páginas: 176
Editora: Qualis
Skoob

Sinopse: Um homem atormentado pelo passado, uma mulher com o poder de mudá-lo, e embora seja essa a premissa de um amor verdadeiro, pairam entre eles um título, segredos e mistérios que os envolvem numa rede de intrigas além do desejo em seus corações. Será o amor capaz de salvá-los?

Por Beatriz Guimarães

Irina Reims é uma jovem muito sonhadora, filha de um pastor, ela adquiriu a responsabilidade de criar suas irmãs da melhor forma depois da morte de sua mãe, por causa disso ela nunca teve a oportunidade de ir aos grandes bailes da sociedade.

Sua vida tem a chance de mudar depois que Charlotte, uma amiga de longa data de seu pai, lhe propõem um pedido, que ela ajude a filha de um primo a se preparar para a sua apresentação a sociedade. Irina aceita a proposta, e vê a oportunidade de conhecer novas coisas, apesar de todo o mistério que ronda o primo de Charlotte.

Esse primo é Thomas Hattway, o Conde de Rothesay, que tem o seu passado envolto de um grande mistério, depois de um casamento as presas com uma plebeia, ele se isolou de todos, e depois da morte de sua esposa ele ficou encarregado de criar sozinho seu filha. Quando percebe que está na hora de voltar a sociedade, pede ajuda a sua prima, e eis que surge Irina Reims em sua porta, e essa moça acaba trazendo sentimentos que Thomas acabou esquecendo durante o tempo.

"- Reprimiu um gemido, estava enlouquecendo - pensou quando levou dois dedos aos lábios. Podia sentir o beijo, o gosto da boca do Conde... Cada fibra do seu ser cedendo à presença daqueles músculos contra os seus, tão delicados."


Meu primeiro livro da Roxane, ela era uma autora que eu sempre tive muita curiosidade de ler, enfim esse momento chegou. Um romance de época muito fofo, com ótimos personagens, e como minha irmã diz, várias tretas.

Eu gostei bastante do livro, a autora conseguiu, em poucas páginas, contar uma história que prende e nos faz querer saber mais e mais sobre os personagens, e qual será a próxima confusão que vai aparecer para atrapalhar o casal.

"- Milorde, Irina não está lá nem há uma quinzena...
- O amor não escolhe o dia mais quente do verão para se aninhar num coração... - O sorriso do Conde não poderia ser mais luminoso, embora seus pensamentos vagassem na deliciosa pele clara de sua ruivinha."

Thomas e Irina, eu adorei eles, a principio demorei um pouco para gostar dele, mas depois de certas cartas, esse sentimento começou a mudar, o amor dele pela filha também é uma coisa linda de se ler. Já Irina eu gostei desde o início, diferente de muitas personagens que eu estou acostumada a ler, ela é forte, sacrifica a sua liberdade para cuidar das irmãs, acredita fielmente em um casamento com amor, apesar de muitos não concordares. Quando Thomas e Irina começam a se aproximar, apesar do receio inicial, os dois vão mostrando um para o outro que o amor pode dar certo.

Eu só tenho uma ressalva, o livro poderia ser um pouco maior, trabalhar um pouco mais alguns pontos no livro, algumas páginas a mais não teria problema, mas é só, tirando isso o livro é ótimo, adorei ele, o livro ainda com um mini suspense no final para fechar com chave de ouro.

A edição está linda, a capa é maravilhosa, o inicio de cada capítulo tem detalhes, e ainda tem um desenho super fofo dos personagens principais no início. Palmas para essa edição.

Pelo que eu pude perceber vão ter outros livros das Irmãs Reims, e eu estou bem curiosa para conhecer as irmãs da Irina.


Onde Comprar
Físico: Qualis Editora


Resenhas do Mês de Março/2017

Título: Ao Gosto do Chef
Autora: Marina Carvalho

Sinopse: Ela precisa comer. Ele sabe muito bem como alimentá-la!
Para Fernanda o melhor dia de sua vida foi quando tomou posse da diretoria das empresas de sua família e o pior, quando descobriu que não estava se alimentando direito. Astrid, sua secretária, e seu médico a tratam como uma criança voluntariosa que precisasse ser lembrada da hora do lanchinho da tarde. Arrasada, mas disposta a mudar seus hábitos, ela decide ouvir Astrid e contrata um personal cuisine para facilitar sua vida, mal sabendo que tudo iria se embolar mais do que espaguete à bolonhesa. João Marcelo é o rapaz mais tranquilo e prático do mundo e com seu jeito sensual e brincalhão vai conquistando todos ao redor. Não bastasse isso, é um chef de cozinha dos mais peculiares, que ainda por cima se esmera no preparo de pratos italianos. Sua pegada? Massas... E outras coisinhas mais. 



Título: Doce Prisão
Autora: Jas Silva

Sinopse: Marcos cometeu um erro ao confiar em Rachel, mas o desejo falou mais alto, e agora ele quer sua amante de volta a qualquer custo!
Marcos Montenegro é um homem de extremos, que após a perda prematura de seus pais, se viu obrigado a assumir não só o controle da Vinícola Montenegro como também a guarda de suas duas irmãs mais novas, Mariana e Isadora.
Toda essa responsabilidade, o tornou duro e autoritário, além de ser um severo defensor do ditado que diz que os fins sempre justificam os meios, sobretudo, quando suas ações têm como intuito manter o prestigiado nome de sua família longe de escândalos.
Mesmo com um forte senso familiar, Marcos não faz o tipo 'final feliz'. Envolvente, ele sabe o que deseja de suas relações e de suas mulheres, e não se deixa seduzir facilmente. Porém, toda a sua prudência desaparece quando Rachel Vidal, sua assistente executiva e atual amante, escapa de suas mãos depois que ele a acusa injustamente de roubo.
Quando o empresário descobre que cometeu um erro, afastando da sua vida a mulher que tanto deseja, ele começa uma verdadeira caçada para tê-la de volta sob seu controle e... sua cama.



Título: E Não Sobrou Nenhum
Autora: Agatha Christie

Sinopse: Uma ilha misteriosa, um poema infantil, dez soldadinhos de porcelana e muito suspense são os ingredientes com que Agatha Christie constrói seu romance mais importante. Na ilha do Soldado, antiga propriedade de um milionário norte-americano, dez pessoas sem nenhuma ligação aparente são confrontadas por uma voz misteriosa com fatos marcantes de seus passados.
Convidados pelo misterioso mr. Owen, nenhum dos presentes tem muita certeza de por que estão ali, a despeito de conjecturas pouco convincentes que os leva a crer que passariam um agradável período de descanso em mordomia. Entretanto, já na primeira noite, o mistério e o suspense se abatem sobre eles e, num instante, todos são suspeitos, todos são vítimas e todos são culpados.
É neste clima de tensão e desconforto que as mortes inexplicáveis começam e, sem comunicação com o continente devido a uma forte tempestade, a estadia transforma-se em um pesadelo. Todos se perguntam: quem é o misterioso anfitrião, mr. Owen? Existe mais alguém na ilha? O assassino pode ser um dos convidados? Que mente ardilosa teria preparado um crime tão complexo? E, sobretudo, por quê?
São essas e outras perguntas que o leitor será desafiado a resolver neste fabuloso romance de Agatha Christie, que envolve os espíritos mais perspicazes num complexo emaranhado de situações, lembranças e acusações na busca deste sagaz assassino. Medo, confinamento e angústia: que o leitor descubra por si mesmo porque E não sobrou nenhum foi eleito o melhor romance policial de todos os tempos.



Título: O Que Resta de Mim
Autora: Thays M. de Lima

Sinopse: Com a intenção de superar seus traumas, Gabriela deixou São Paulo para tentar um recomeço no Rio de Janeiro. Seu objetivo era apenas iniciar seus estudos em uma das maiores universidades da cidade e tocar sua vida de alguma forma.
Guilherme é avesso a compromissos, mas nem sempre foi assim. Aos 12 anos ele fora tirado da vida que conhecia deixando para trás uma promessa não cumprida.
Enquanto Gabriela quer ficar longe de encrenca, Guilherme é a definição de encrenca.
Contudo, ele é único que consegue enxergar através de seus olhos. E isso a aterroriza, porque ela pensou ter deixado seu passado para trás, mas na verdade ele estava bem à sua frente.
Quando o amor e um passado repleto de feridas andam juntos resta apenas uma escolha...




Especial Mônica e Enzo e Todos os Dias (Lançamento)


Finalmente!!
É hoje o grande dia do lançamento do livro "Mônica e Enzo e Todos os Dias", agora você pode conhecer essa nova história da autora Denise Flaibam.



Sinopse: Mônica gosta de rotinas. Ela aprendeu a evitar situações desconfortáveis por causa delas. Com dezessete anos, cinco irmãos, um talento nato para a fotografia e uma paixão antiga pelo Enzo, o maravilhoso goleiro do time da escola, Mônica está muito bem, obrigada.
Contudo, um mal entendido coloca Mônica como fotógrafa oficial dos jogos, o que significa encontrar com o astro do time de futebol, consequentemente o amor da sua vida várias vezes no dia. Passos bem calculados se tornam uma sequência de incidentes inesperados, como encontros nas festas da escola e sorrisos apaixonados. Espera aí... O Enzo, apaixonado por ela?
De repente, Mônica precisa lidar com as reviravoltas da vida adolescente, coisas que até então tinha conseguido evitar. Mônica e Enzo e Todos os Dias é a história de um amor surpreendente e cheio de possibilidades. Será que a Mônica vai conseguir fugir dos seus medos para viver esse primeiro amor?

Link: Amazon

Venha conhecer essa personagens, que eu não duvido nada, são incríveis. Eu estou louca para começar.


LEMBRANDO
Que ainda tem mais uma novidade TODO MUNDO que comprar o e-book durante a pré-venda e todo o mês de abril vai concorrer ao mega sorteio! 
Pra validar sua participação é muito simples: é só tirar um print da tela de compra, quando adquirir o e-book, e enviar para o e-mail deniseflaibam@hotmail.com. Pronto! Você vai receber um número, e esse número te coloca como concorrente para o sorteio.
O kit do vencedor já conta com: marcadores autografados; marcadores de pompons; um pôster da capa; uma bola de futebol autografada pelo próprio Enzo e muito mais que será anunciado durante todo o mês de abril.


© Just Breathe - Todos os direitos reservados.
Criado por: Beatriz e Thayná.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo